quinta-feira, 23 de junho de 2016

Projeto Amostras para Ler+

Durante o 3º período, os alunos das turmas envolvidas no Projeto, 5º A, 6º E e 6º F, continuaram a requisitar livros na Biblioteca Escolar Aires Barbosa e a ler autonomamente.
Os alunos entregaram, na Biblioteca Escolar, cada livro que leram acompanhados da respetiva ficha de leitura, que foi aprovada pela Equipa da Biblioteca para ser posta em prática a partir do 2º período.
Neste último período, a turma do 5ºA voltou a destacar-se pelo número de requisições de livros que registou, 58 no total, tendo ultrapassado o número de requisições do 2º período.
A turma do 6ºE registou neste período, o maior número de requisições do ano, 35 no total.
A turma do 6ºF continuou a ler neste período, tendo registado um número de requisições semelhante ao do 1º período, ou seja, 18 requisições.
As turmas do 5º A, 6º E e 6º F registaram, no ano, respetivamente, um total de 181, 92 e 56 requisições. Durante este ano letivo, as turmas envolvidas no Projeto Amostras para Ler+, registaram um total de 329 requisições de livros na Biblioteca Escolar Aires Barbosa.
O título de melhor leitora do Projeto, neste 3º período, deixou de pertencer à aluna Raquel Póvoa, do 5ºA, para dar lugar à aluna Rita Sá, do 6ºE, que fez 6 requisições de livros. O 2º lugar de melhor leitor do Projeto é atribuído a duas alunas do 5ºA, nomeadamente a aluna Raquel Póvoa e a aluna Milene Faro, que registaram 4 requisições de livros. Em 3º lugar surgem três alunos do 6ºF, a aluna Eva Nunes, o aluno Pedro Teixeira e a aluna Catarina Martins, que efetuaram 3 requisições de livros.
Todos os alunos das turmas envolvidas no Projeto estão de parabéns, sendo, no entanto, de realçar, mais uma vez, o entusiasmo e interesse pela leitura demonstrado pelos alunos da turma do 5ºA.
Segundo Morais: ler é alimentar-se, respirar. É também voar. Ensinar a leitura é ao mesmo tempo formar a criança na técnica do voo, revelar-lhe prazer e permitir que o mantenha. Se as aves não gostassem de voar, teriam deixado pender as asas e passariam a andar a pé. Mas, tanto nas aves como nos humanos, o prazer dos atos naturais está nos genes. Em contrapartida, o prazer da leitura é uma criação nossa. Este prazer é, portanto, da nossa responsabilidade, tal como a leitura em si (Morais, 1997:272).                                                                    
                                                                 

                                                                                                     Professora Celeste Cruz










quinta-feira, 9 de junho de 2016

"Pontes" de leitura entre ciclos

A atividade "Pontes" de leitura entre ciclos, desenvolvida em articulação com o currículo de português, tem como objetivo principal a partilha de leituras entre os diferentes níveis de ensino.
Este ano letivo, oito alunos das turmas B, D e F do 5º ano foram às turmas do 3º ano (A, B e C) ler a história "E o Natal aconteceu", de Cidália Fernandes.
Duas alunas do 9º D foram à turma do 10º C. Uma declamou o poema "O mostrengo" de Fernando Pessoa e a outra acompanhou-a à flauta.
Três alunas do 9º D dramatizaram uma pequena adaptação aos nossos dias do Auto da Barca do Inferno de Gil Vicente à turma do 5º A.
A turma do 6º E fez uma leitura dramatizada de alguns capítulos da obra “Os Piratas” de Manuel António Pina, às turmas do 3ºA e 4ºC.
Sete alunas do ensino secundário (10º, 11º e 12º ano) leram o conto “O gato Gui e os monstros” de Rocío Martínez aos alunos do pré-escolar, 1º e 2º anos.
Foi uma atividade proveitosa e do agrado dos alunos.